Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SILÊNCIO

SILÊNCIO
Por HorácioF. Costa
SILÊNCIO! O que dizer quando palavras dos outros querem dizer não aquilo que pensam, mas; aquilo que se quer ouvir?Silêncio! O que fazer quando as pessoas nos botam em oferta e nos disputam como um bem em leilão?
Silêncio! Por que as pessoas são tão hipócritas, tão covardes, são tão...? Silêncio! O que esperar da vida quando o relacionamento fragmenta-se em minúsculas partículas como o vidro temperadoquebrado, e as pessoas, insistem em olhá-lo como quem mira-se num espelho de cristal?
Silêncio! Como responder a perguntas que não querem calar? Hoje, sou prisioneiro de minha própria vida, meu lar;  de meu relacionamento. E sofro todo tipo de ataques subjetivos e camuflados.
Silêncio! Hoje quando saio, perguntam-me se volto; respondo em SILÊNCIO!
11/03/2002
tropporj
Enviado por tropporj em 08/11/2007
Código do texto: T728455
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tropporj
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
278 textos (10337 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 01:04)
tropporj