Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema com imagem: para atrair leitura ou para embelezar a palavra?

Gosto de palavras e imagens, de poesia e de arte em geral, mas implico com poemas ilustrados. Acho a palavra solta, solteira, sem esse laço da imagem, sem o explícito, a sugestão visual, muito mais gostosa e muito mais importante, afinal, antes de tudo não era o verbo? Com o poder de sugerir a ação - e não o contrário, pelo que consta.

Aqui e em outros recantos vejo poemas ilustrados aos montes, e me parecem, na maioria, explícitos, redundante, naturalistas... Se o poema é pornô e se chama: "Eu dentro dela", a ilustração é o cara enfiando-se na mulher. Se o poema fala da "gata no cio", traz a ilustração de uma modelo americana com as pernas abertas, ou algo assim, explícito. Muitas vezes, me parece, que o texto foi escrito sobre a foto, fica sem alma, um mera discrição.

O poema-ilustrado-pornô-explícito, em certos casos, me parece puro oportunismo. O poeta quer ser o mais lido da semana e consegue, pois quase todo mundo é voyer, e vaia ver a postagem, pois sabe que a imagem é quente, o poema, nem sempre.

As imagens usadas, baixadas de sites americanos, trazem aqueles caras músculo-pintudos/ mulheres-deusas, ou seja, modelos de gente extraterrena. Esse tipo de arte é tipicamente burguesa-brega, aquela que transformou Jesus Cristo num galã; ou realista-socialista, essa que faz de Che-Guevara um Jesus Cristo de boina. Isso eu não considero arte, acho puro pastiche.

É claro que há exceções. Há poemas visuais que se complementam, se compõem, ou bons textos em imagens ruins e vice-versa. De qualquer forma fica a observação. Poema bom pra mim é o que traz a imagem implícita. Imagem explicita não acrescenta, redunda. Opinião minha, mas nada contra quem faz isso, ou quem gosta do conjunto.
Juca Júnior
Enviado por Juca Júnior em 14/11/2007
Reeditado em 14/11/2007
Código do texto: T737431

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Juca Júnior
Portugal
18 textos (17322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:05)