Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Admirável mundo velho

    O sabonete que a gente usava era vale quanto pesa ,acho que era por ser mais barato e durar até não acabar nunca, a pasta de dente era kollynos,cabelo se tratava com umas almofadinhas de xampu e creme rinse.Lembro das revistas, Grande Hotel,Capricho,Ilusão,Sétimo Céu e nessa saiu uma fotonovela contando o caso do Premier senão me engano Profumo que arrumou uma amante novinha e deu o que falar na época, também tinha Cavaleiro Negro, Fantasma,uma revista de fadas que eu viajava na maionese com as varinhas de condão delas ,sonhava que ainda ia arrumar uma.Sonho meu.Dos carros lembro do aero willis, da rural, da vemaguete, do gordini esse era tão bonitinho.Meu pai me levava para passear em Copacabana, na Barra da Tijuca ,era um areal que quando ventava levava toda areia para a pista e na Presidente Vargas o carnaval era animado "Olho o bloco dos sujos...vai batendo na lata, alegria barata ,carnaval é pular..." "Se eu chorei o problema foi meu.Se fiquei triste tive minhas razões.Longe de ti sou bem mais feliz.São coisas da vida o destino assim quis."Nem me lembo o autor, só sei que era muito bom pular carnaval.Eu corria dos clóvis, tinha medo da bolada.Prá não ficar longo só quero lembrar,e quem viveu essa época sabe ,do uniforme da escola no ginásio, blusa branca, com divisas das séries bordadas no braço e a saia era de machos, sapato preto vulcabrás, não tinha isso de cada um de um tipo de roupa quem não podia comprar apresentava atestado de pobreza e a escola fornecia.Ah e os Beatles, eu era apaixonada pelo Paul, eu e todas nós daquela época.Bambolê, calça jeans original,até fedia a curtume.Que pena o tempo não volta mais ...só nós é que voltamos nele.
clepsidra
Enviado por clepsidra em 14/11/2007
Código do texto: T737454

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
clepsidra
São Pedro da Aldeia - Rio de Janeiro - Brasil
97 textos (22768 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 17:24)
clepsidra