Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMORES ETERNIZADOS


        Hoje só quero ler poemas românticos. Pois estou apaixonado, ainda que platonicamente, e quando assim se está o melhor que se pode fazer é unir nossas paixões e dores àquelas que os poetas sentiram e viveram em seus tempos. Conviver com o amor impossível de Tomás Antônio Gonzaga por sua Dorotéia em "Marília de Dirceu", a paixão de Gregório de Matos por sua Maria dos Povos. Ler a belíssima "Como eu te amo" e sentir o amor que abateu Gonçalves Dias. Deleitar-se com o "Sonho da Boêmia" de Castro Alves e sua "Dama Negra". Pedir perdão e tentar a reconciliação como Olavo Bilac em sua "Vita Nuova", e outros tantos amantes poetas que eternizaram seus amores em forma de poema. Ao ler poemas românticos o amor que sinto torna-se mais intenso, pois passo a acreditar que esse amor pode se tornar realidade. Vou somando o amor que tenho aos dos outros amantes (poetas), sabendo que o que eu sinto é comum a várias outras pessoas e assim para os que amarão e buscarão em outros amores (poemas) reforço para expressão do amor que sentem.
Rodrigo Messias Cordeiro
Enviado por Rodrigo Messias Cordeiro em 23/11/2007
Código do texto: T748647

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Por R. Messias Cordeiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Messias Cordeiro
Feira de Santana - Bahia - Brasil, 34 anos
276 textos (14105 leituras)
9 áudios (1195 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 15:19)
Rodrigo Messias Cordeiro