Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em favor de Gaia

Os anos passam e os problemas não
São os mesmos todos os anos.
As mesmas desgraças acontecem em determinadas épocas.
As pessoas sabem que elas virão novamente e, mesmo assim, não se previnem, não fazem nada para evitar o acontecimento que sabem que chegará.
E chega, destrói tudo, passa e as pessoas esquecem. E no próximo ano acontece denovo (e pior) e ninguém faz nada para poder evitar (ou amenizar) seus efeitos no próximo ano. Forma-se, assim, uma cadeia, uma corrente que só aumenta, cresce e... Cresce!
Será que alguém pensa numa solução? Sim, pensa! Mas porque não coloca em prática? Comodidade? Medo? Ou o quê?
Penso que a maioria da população ainda não se deu conta do que está acontecendo na natureza. Ainda não conseguiram ouvir o desesperador apelo que Gaia está fazendo dia após dia, ano após ano. E chegará um momento em que ela irá se calar e se enfurecer ainda mais com nós, humanos.
Homens e mulheres foram feitos para serem aliados da natureza. Para conviverem em paz, um cuidando do outro, como numa relação fraternal. Mas estamos tratando-a como se fossemos inimigos. E ela calada durante tantos séculos, até que... Agora chega! Já não dá mais para suportar. Ver tudo se acabando: águas sendo poluídas, matas sendo devastadas, animais sumindo do mapa, o concreto e o piche tomando conta de tudo.
Será que as próximas gerações conhecerão o que existe ainda hoje ou até lá tudo estará devastado pela pequena mão humana?
Incógnita. Um espaço em branco. Ou em cinzas...
Sei que vejo dia após dia a natureza tentando se salvar enquanto o que deveria estar sendo feito é nós cuidarmos dela. Será que não percebemos como ela é vital para nossa existência? Afinal também somos parte disso tudo! Ou você quer cortar fora uma perna ou um braço seu? Temos que pensar na natureza como uma parte do nosso corpo físico. Vital. Essencial. Sem a qual nos tornaríamos uma deficiente. Já estamos ficando em déficit... e com nós mesmos!
Ainda vamos lamentar e chorar pela falta que o verde fará no futuro. E está próximo este dia. Não dá mais pra sentar e assistir a destruição que acontece toda hora bem debaixo de nosso nariz. Chega! Vamos nos levantar, nos unir e irmos lutar ao lado de Gaia contra aqueles que só querem tirar proveito dela. Vamos nos conscientizar e não deixar mais que roubem e matem o que nos fará falta no amanhã. Hoje estamos bem, mas amanhã iremos nos arrepender de ter ficado parado e só observando a devastação e não termos feito NADA para impedir.
O que você está deixando de fazer agora irá fazer falta depois. E se pensa que não pode fazer nada porque é um só ou porque é fraco ou pequeno, se engana. Pense antes de jogar lixo no chão. Escove os dentes com a torneira fechada e não deixe as luzes acesas. Aproveite o sol e aprecie as estrelas e a lua. Recicle. Crie e não destrua.
Pequenas ações em conjunto podem mudar o rumo da sua história e da minha também.
Preserve.
Reflita.
Aja!





Letícia Teixeira
Enviado por Letícia Teixeira em 01/02/2007
Código do texto: T366043


Comentários

Sobre a autora
Letícia Teixeira
Jataí - Goiás - Brasil, 39 anos
16 textos (701 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 23:02)
Letícia Teixeira