Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Já?

O Tempo correu, tanto, que não se escreveu.
Aquilo que eu não teria, já faz muito que engatinha.
Aliás, anda. Não, Corre! Ops, Pendura! Não, Espera!

Como antes eu não queria?

Aquele prego que não aguentava o peso do relógio.
Hoje não te espera, carrega nossa rotina.

Carrega ainda a toalha molhada,
Tá bom, eu tiro!

O Amor obviamente tem o peso prevalente,
Disso não ouse, nem atente, dúvida!

Escrever, falar, melodiar, cantar, suar…

Hoje juro que organizo as caixas do guarda-roupas.
De lá tiro tudo e amanhã, um novo dia...
Bruno Fernando
Enviado por Bruno Fernando em 04/07/2016
Código do texto: T5687582
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Fernando
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
69 textos (2871 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 22:37)
Bruno Fernando