Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Festa do Divino em Indiaroba/SE

Turismo Religioso.

Festa do Divino é uma cultura marcante em Indiaroba, única cidade da Região Nordeste que tem como Padroeiro o Divino Espírito Santo. A realização da festa acontece entre o mês de maio a início do mês de junho e tem suas particularidades. É uma festa tradicional que começa com as novenas durante 09 (nove) noites, sendo a última noite a do padroeiro São Pedro, nessa noite é feito um cortejo com samba de coco. A festa do Divino é marcada pelas figuras do imperador, acompanhado pela imperatriz, sentados em uma charrete juntamente com um guardião que conduz a Coroa, pelas ruas da cidade, concentra-se na entrada da cidade, com a guarda de honra montada, por sua vez, cada um conduz uma bandeira, a do Divino, a do Brasil, a do Vaticano e a do município, além de outros guardas também montados.
Todos seguem em direção à casa paroquial, onde aguardam as ordens religiosas com os seus estandartes e bandeiras, além dos anjos, com as suas trombetas, cada um representando um dom do Espírito Santo, a saber: Ciência, Conselho, Entendimento, Fortaleza, Piedade, Sabedoria e Temor de Deus. Esse cortejo conta com a presença de três poderes, o Espiritual, representado pelo vigário local, o Temporal, representado pelo Prefeito Municipal e o Social, representado pelos pais do imperador. A Procissão conta com a participação das Irmandades e do povo. O imperador e a imperatriz com seu séquito acompanham a procissão a pé. Durante o percurso são realizadas 3 paradas nas quais são feitas encenações: A 1ª na porta do Hospital, nesse momento é apresentado um doente numa maca. O Imperador, investido do poder do Espírito Santo, impõe o cetro sobre o doente e este levanta-se da maca. Significa: O ESPÍRITO SANTO CURA.
A 2ª parada é em frente da Delegacia da polícia, onde é apresentado um preso, algemado. O Imperador repete o gesto. Impõe sobre o preso o seu cetro e as algemas abrem-se. Significa: O ESPÍRITO SANTO LIBERTA.
A 3ª parada, na porta do Cemitério, momento na qual o Imperador faz uma oração. Significa: O ESPÍRITO SANTO SALVA.
Por sua vez, a imagem do Espírito Santo é conduzida num carro, acompanhada por uma guarda imperial e pela Filarmônica do Divino. Esta iniciou as atividades, por volta de 1912, com a vinda de um padre português, o Padre Abílio, que permanece mais ou menos uns 5 anos no país. Veio para o Brasil fugindo da ditadura e com a saída deste acaba a filarmônica, que retornou no ano 2000 e permanece até agora. Hoje, faz parte da estrutura do poder público municipal e tem sede e uma Escola de Música.
Dando continuidade a tradição, no final da procissão, o vigário paroquial, apresenta o imperador do ano seguinte, que recebe o cetro e a coroa do seu antecessor. A partir daí é ele quem vai, juntamente com os festeiros (seus pais) organizar a próxima festa do Divino. O Bispo Diocesano com a bênção do Santíssimo Sacramento encerra a programação litúrgica.

Texto: Alda Cristina Menezes

Prefeitura de Indiaroba
Prefeito Adinaldo Nascimento Santos
vice Marcos Sertanejo
#Governando com você!
AldaCristina
Enviado por AldaCristina em 11/01/2018
Reeditado em 11/01/2018
Código do texto: T6223339
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AldaCristina
Aracaju - Sergipe - Brasil
488 textos (73702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/01/18 03:33)
AldaCristina