Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Essência da Destruição

Aos 18 anos de idade, eu, que até então havia visto grande parte da capacidade infernal da realidade e da verdade, me tornei a morte. A destruição me segue e me cerca, e contagia os que estão ao meu redor. Minha alma se tornou uma peste contagiosa, irradia escuridão, que destrói por dentro e enegrece a vida. Sou um poço sem fim de energia negativa, de angústia aterradora, de letargia fatal. Verei lentamente meus próximos morrerem de dentro pra fora, como consequência por tentarem tocar minha essência. O corpo se tornará um saco de pele cheio de carne pútrida, fruto da derrota e da irrealidade. Em toda a epiderme, chagas negras surgirão e se espalharão, apagando qualquer fulgor de esperança, matando qualquer essência viva. Do corpo podre, as larvas do fracasso se alimentarão, e se tornarão as moscas do remorso, e voarão e germinarão no próximo cadáver. Escuro, eternamente escuro. Sombrio, infinitamente sombrio. A bactéria da desgraça se alimenta de todo o meu ser afundado no poço das mentiras.
Nicolas M Cunha
Enviado por Nicolas M Cunha em 03/03/2018
Código do texto: T6269602
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nicolas M Cunha
Divinópolis - Minas Gerais - Brasil
9 textos (363 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/18 15:29)
Nicolas M Cunha