Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mudar

Eu sigo meu coração, acredito que as coisas não são teóricas e nem praticas, tudo é relativo e complexo.

Acho petulância que sabendo a complexidade do corpo e da mente humana, nós julgarmos tudo com um manual de boas maneiras, faça assim, não faça assado, isso quer dizer aquilo e aquilo quer dizer isso. Não!

Pessoas não são roteiros, nem falas programadas, pessoas dizem coisas contrarias ao que sentem, nem sempre sabem o que estão sentindo ou o que estão falando. Pessoas mudam de ideia, pessoas mudam de sentimentos e eu prefiro que seja assim. Que tristeza viver num mundo engessado.

Sei que mudo de ideia com frequência, mas isso quer dizer que repenso, que reflito, que estou me dando chances, oportunidades, estou me permitindo.

É natural que entre tantas escolhas eu acabe caindo e me ferindo, mas isso será mais uma lição aprendida.

Eu quero experimentar a vida com tudo que ela me da, com meus erros e meus acertos.

Eu prefiro chorar porque algo deu errado do que viver sem sentimento algum só porque tenho medo disso.

Sim, eu morro de medo de me machucar, mas eu tenho mais medo ainda de viver sem sensação alguma, de viver estagnado.

Não é a toa que eu cresci cantando que prefiro ser uma metamorfose ambulante.

Eu tenho horror de ser a mesma pessoa todos os dias.

É importante uma arvore ter raízes, mas nada impede de brotar novos galhos, folhas e flores, todos os dias.
Camila Paiva
Enviado por Camila Paiva em 07/07/2018
Código do texto: T6384215
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Camila Paiva
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
23 textos (415 leituras)
1 áudios (20 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/18 06:24)
Camila Paiva