Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Discurso

O que eu tenho para dar, é amor, palavras de fortalecimento e atenção, mas antes, procurava nas pessoas essa reciprocidade e não encontrava, foi difícil compreender as pessoas na sua ignomínia, o que foi de encontro com a minha sensibilidade que se converteu em nada para dar-me suporte, porque a sensibilidade de uma pessoa, têm sentimentos e emoções e o meu eu foi restaurado devido à ajuda espiritual que eu recebi através dos meus esforços, mais Deus, mas o que essas pessoas ganharam, por me ver sofrer, ficar com o semblante triste e desfigurado de tristeza, fora, que eu fiquei solitária, amargando minha doença mental sozinha, como se eu fosse uma louca varrida, que não queria conversar com ninguém, o que na verdade eu queria e estava disposta a conversar como qualquer pessoa conversa, com assuntos produtivos, construtivos e com aspectos bons, que me geraria frutos, tanto para mim como  para as outras pessoas, eu não me enxergava no outro, porque eu não via e nem percebia pessoas com bons sentimentos e boas intenções, foi difícil entender as pessoas, elas fugiam de mim através de conversas de ataque, fui atacada muitas vezes, sem entender o sentido do porquê, eu tenho fé em Deus e espero que elas paguem, porque eu sofri muito e tenho sequelas por causa disso, foram muitos anos consumidos por causa dessas aflições sem fundamento.
Janete Silva
Enviado por Janete Silva em 15/04/2020
Código do texto: T6917567
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Janete Silva
Recife - Pernambuco - Brasil
816 textos (5686 leituras)
2 áudios (124 audições)
1 e-livros (28 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 18:36)
Janete Silva

Site do Escritor