Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DELIRIOS E DELIRIOS DE UM DESEJO



Delirio, é um dos mais lindos sonetos de Bilac,
principalmente levando-se em conta como era
a moral e os moralistas da época...
E tive a audácia de prestar-lhe uma homenagem,
com um dueto em soneto para esse soneto, que é um autentico
hino ao amor...
Osculos e amplexos,
Marcial

DELIRIO
Olavo Bilac

Nua, mas para o amor não cabe o pejo
Na minha a sua boca eu comprimia.
E, em frêmitos carnais, ela dizia:
– Mais abaixo, meu bem, quero o teu beijo!

Na inconsciência bruta do meu desejo
Fremente, a minha boca obedecia,
E os seus seios, tão rígidos mordia,
Fazendo-a arrepiar em doce arpejo.

Em suspiros de gozos infinitos
Disse-me ela, ainda quase em grito:
– Mais abaixo, meu bem! – num frenesi.

No seu ventre pousei a minha boca,
– Mais abaixo, meu bem! – disse ela, louca,
Moralistas, perdoai! Obedeci...
 
Olavo Bilac

<><><><><><>

DELIRIO DE UM DESEJO(*)
Marcial Salaverry

No delírio do quente desejo,
não se pensa onde se vai beijar,
mais ainda se ela manda baixar,
beija-se, sem sentir laivos de pejo...

E se no gemer desconexo,
entre gemidos de ardente prazer,
ao pedido loucamente atender,
e o beijo chegar ao úmido sexo...

E ao prazer entregar-se com ardor,
sentindo na alma o vibrante calor
que é o paroxismo da paixão...

Ao  desejo cede-se totalmente,
ama-se de forma quase demente,
levando à loucura o insano coração...

(*)Soneto inspirado no soneto DELÍRIO,
de Olavo Bilac...
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 25/03/2010
Código do texto: T2159097
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 81 anos
22879 textos (2538848 leituras)
3 áudios (949 audições)
6 e-livros (2192 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 05:14)
Marcial Salaverry