Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou borboleta
Gui Oliva

num sereno sono assim
quero voar todos os sonhos
que voejam em mim
e serena durmo

em mim ponteia
a primavera florida
atraindo borboletas coloridas
que vêm me beijar

e elas me beijando
parece que numa delas
me transformo
e até voar aprendo

e aprendendo a voar
vou assim esvoaçando
polinizando amores
e aprendendo amar!

&

Sou borboleta também
Tere Penhabe

Em vôo intrépido escalando penhascos
multicolorida como os sonhos bons
acolhendo docemente em meu regaço
outras borboletas e amores...

Sou borboleta azul nas manhãs de março
quando me recolho para dar lugar à chuva
e de alquimista, no meu sono mágico
refaço minhas asas de imaginação...

Volto lilás quando chega o inverno
me atrai o fogo crepitando na lareira
quisera então, já não ser borboleta
para poder me aconchegar no colo teu...

Mas quando setembro vier, eu serei
de todas a mais bela, borboleta amarela
voando indócil por entre os jardins
colhendo nectar dos mais belos jasmins...

Depois... e só depois eu irei enfim
para o alto da montanha onde estão
guardados por duendes, meus desejos
aqueles que brotaram do coração...

Que os penhorei pelo meu sonho
de ser borboleta e poder voar
frágil e bela, sem sentinelas
pousando em letras da palavra

que pela vida eu aprendi a amar:
Liberdade!

Santos, 25.07.2006
Tere Penhabe
Enviado por Tere Penhabe em 17/08/2006
Código do texto: T218542


Comentários

Sobre a autora
Tere Penhabe
Santos - São Paulo - Brasil, 66 anos
252 textos (29293 leituras)
5 áudios (647 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/07/21 22:24)
Tere Penhabe