Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TALVEZ-PABLO NERUDA - TALVEZ-MARCIAL SALAVERRY

 
TALVEZ
Pablo Neruda

Talvez não ser,
é ser sem que tu sejas,
sem que vás cortando
o meio dia com uma
flor azul,
sem que caminhes mais tarde
pela névoa e pelos tijolos,
sem essa luz que levas na mão
que, talvez, outros não verão dourada,
que talvez ninguém
soube que crescia
como a origem vermelha da rosa,
sem que sejas, enfim,
sem que viesses brusca, incitante
conhecer a minha vida,
rajada de roseira,
trigo do vento,
E desde então, sou porque tu és
E desde então és
sou e somos...
E por amor
Serei... Serás...Seremos...

Pablo Neruda
______________________
 
TALVEZ
Marcial Salaverry
 
Talvez por amor sejamos
como a  quem amamos,
por força do amor,
sem querer sentir dor
numa separação,
que entristeça o coração...
Talvez nessa afinidade,
tenhamos a felicidade,
de iguais nos notarmos,
e felizes nos amarmos...
Talvez para melhor te entender,
deixe de ser
quem sou realmente,
sem que depois o lamente...
Talvez para sempre ver
essa luz possa enfim perceber
que minha vida,
para que tenha sobrevida,
à sua está ligada,
de uma maneira apaixonada...
Talvez nos vejamos um dia,
e então, em sua companhia,
sinta o real calor
de um verdadeiro amor...
 
Marcial Salaverry
 
Inspirado no poema TALVEZ, de Pablo Neruda.
 
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 02/07/2010
Código do texto: T2353369
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 80 anos
22326 textos (2349301 leituras)
3 áudios (928 audições)
6 e-livros (2181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/07/19 17:16)
Marcial Salaverry