Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Atos e Fatos de Amor
(Fátima Batista & Jorge Luiz)

Por que resistir quando a lua dita as regras?
Por que resistir se na saída tem uma seta pra voltar?
Por que resistir se o amor faz capitular?
Por que então não se entregar, renegar o desejo de ver
E falar, de tocar e beijar, de deitar e amar?


Não há como resistir,
se o apelo do coração
é feito a todo o corpo,
a toda alma,
que resiste até o ponto de ruptura,
ao cerne da questão: 'Por quê?';


Por que se esconder, fugir pro além, onde não tem
Ninguém, onde a vida não vale vintém, onde
Não pode me encontrar? Onde não pode me
Tocar, olhar nos meus olhos e saber, que
Vale a pena me amar? Que te faço delirar, que
Te faço sonhar com tantas noites ao luar?


Não se deixar levar,
não dividir um amor
que vence distâncias,
transpõe fronteiras,
liquida barreiras com a facilidade
do furacão sobre uma pobre choupana?


Por que se secar ao sol, deixar a pele queimar?
Ou, ir pra outros lugares, onde não tem entrega,
Onde não tem gritos e camas desfeitas, onde não
Tem parapeito e a queda é tão certa que faz desmaiar?
Por que fugir do branco contraste, dos cachos rebeldes,
Da risada tão grata, de beijos tão únicos a sufocar?


Afagar dourados anelos
em queda nos ombros nus
que beijo e mordo, com fome
- dentro de ti um Universo descubro,
mas, o que não acho
é a saída para o impasse da questão:
'Por quê?'


Sem impedância, sem resistência, ao lado da cama
Os saltos virados, a roupa caída, o colar esquecido
Cabelos revoltos, corpos tão soltos, beijos lascivos
As toalhas molhados do banho compartido
E a entrega absoluta num ato de amor jamais dividido.


Aguardo, ansioso,
teu facho de divina Luz,
a guiar-me para longe
dessa tenebrosa solidão auto-imposta..."


A Mulher de Loanda
O Cego do Castelo
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 14/09/2006
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T240366
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 56 anos
1436 textos (75143 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/07/19 09:22)
Fátima Batista