Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


TARDE SEMPRE


Quisera fosse mesmo
tempo de nós dois

eu poderia te amar
mas és só uma desculpa
que criei pra estar feliz
um beijo que inventei
pra querer beijar

porque na verdade
és aquele que chegou
passada a hora de chegar










SEM HORA

Quando a vida dá
um nova chance
tente... avance!


Remova os montes
Releia a verdade
Aceite a felicidade
que está no horizonte


Refaça esse beijo
Reinvente o desejo

(de noite ou na aurora)
e saiba, sem culpa,
que para amar
não há nenhuma hora
pra se (a)chegar!













OLá Lu

Passei em sua escrivaninha  e trouxe
este poema para fazermos um dueto
novamente, casar nossos lirismos e
nossa inspiração.

Tomara que como eu, vc e nossos
amigos também gostem do resultado.

Um beijo especial.


Lu Genovez

 
Sílvia, me perdôa a ausência,
estou literalmente no meio do mato
e só agora dei uma olhadinha na net!

Que alegria ver o nosso dueto!
É sempre um prazer pra mim!

Aos amigos, o meu carinho tb!


Beijos a ti e a todos
(volto semana que vem).
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Enviado por SILVIA REGINA COSTA LIMA em 02/12/2010
Reeditado em 30/03/2017
Código do texto: T2650210
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Vinhedo - São Paulo - Brasil
1886 textos (353517 leituras)
1 e-livros (771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/19 23:23)
SILVIA REGINA COSTA LIMA

Site do Escritor