Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Não quero ser o poeta
dos versos brandos e cândidos
quero compor versos brancos
sendo todos eles belos e francos
mas tenho alma de esteta.*

Mesmo que me esforce e queira
por mais que lute não me liberto
e cada linha que escrevo
deixo-me levar pelo enlevo
que vem da doce rosa na roseira.

Não quero falar do amor
nos poemas que componho
há tantas coisas a serem ditas
sobre vidas desregradas ou benditas
entretanto da planta brota a flor.

Ao final do dia, cansado da lida
me pego diante da folha
e horas a buscar passo
num passo em descompasso
até encontrar a Palavra Perdida.


Professor Gil





Nada mais vem e completa
a quem se diz poeta
do que, ao final do seu dia
(cheio de coisas malditas
e de tanta desarmonia)
sentar-se com um papel
num jeito meio incerto,
seja em verso, seja em prosa,
e lembrar-se de uma rosa
que está sempre por perto
- a renascer sob o céu.
Há tanta coisa a dizer,
fragmentos de vida,
e tanto a escrever,
que penso ser de aço
a força de um poema
quando, com um laço,
literalmente caço
cada linha que eu traço
e acho (num teorema)
minha Palavra Perdida!

Silvia Regina Costa Lima








* Obs:Esteta:Pessoa que aprecia e pratica o belo como valor essencial. Crítico, escritor que se dedica ao estudo da estética. Alguém que aprecia a beleza e a arte.





Teacher, fiquei feliz quando vc me deu mais
este poema:

" Ma reine, eu dei o poema para você ,
eu disse bem antes que ele era seu,
antes mesmo de passar da primeira linha.
"

E adorei muito unir nosso lirismo em parceria profunda
e muito harmonosa. Foi um lindo presente e tomara vc
goste de minha sequência.

Um beijo de poeta.



****************
Obs:  Por favor, não levem os títulos de meus poemas pois estou formatando meu primeiro livro(tomara!) e, assim, eu gostaria de preservar os nomes que crio para eles. Só este mês de março copiaram, literalmente, três dos meus títulos. Etica é respeitar as idéias alheias como queremos ser respeitados em nossos textos. Grata por compreender-me. Um beijo.

SILVIA REGINA COSTA LIMA
Enviado por SILVIA REGINA COSTA LIMA em 25/03/2011
Reeditado em 09/04/2011
Código do texto: T2869399
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
SILVIA REGINA COSTA LIMA
Vinhedo - São Paulo - Brasil
1886 textos (353465 leituras)
1 e-livros (771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/07/19 05:29)
SILVIA REGINA COSTA LIMA

Site do Escritor