Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sagrado e Profano...Palavras

Palavras! Cansada delas.
Entrelaçadas, risadas, brincadas, jogadas
Me mostre onde se desliga essas malditas rimas
Estou morrendo de amor... Apaixonada por palavras
Que vão se lançando e penetrando meu peito...
Como uma flecha!

Incerta de amor, certeira na ponta a dor...
Uma lança feita de ardor...
Um eixo, que me faz cair o queixo
Que me mostra o seu medo... E sua cor
Não corra tanto, não jogue tanto...
Com essas sórdidas e felizes palavras
Bem colocadas...

Rimas já não importam tanto
O que tem me alegrado?
Apenas
O suave e doce emanar desse pranto
Do crepúsculo nascido
Na escuridão estabelecido
Por tuas palavras proporcionado
Em centenas

Meu verbo já não mais é
O início
A antiga conjunção
Meu maldito vício
E a vida não mais conjugada
O que é?
Só a minha alma cansada
Religião sem unção
Meu corpo profano que ainda te quer


Sagrado e profano... Misturando-se no plano
Do não amor... Mentiroso e insano... Me amas?
Me apaixonas? Me inflamas? Me desejas?
E nem sequer descansa minha alma...
Sinto teu arco... Inchado de flechas...
Dardos de pontas envenenadas... Palavras,
(in) versos e rimas que ferem minha carne
e minha alma contaminam...
Ao teu prelúdio imploro: -“ Onde desligam essas rimas?”

By MargÔ Antunes e Du Domeneghetti

(Margô Antunes e pseudônimo de Marcelo Andrade)
Durcce Domeneghetti
Enviado por Durcce Domeneghetti em 10/03/2007
Código do texto: T407482

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Durcce Domeneghetti
Santo André - São Paulo - Brasil, 52 anos
139 textos (5409 leituras)
1 áudios (17 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 13:05)
Durcce Domeneghetti