Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pensamentos


Como fugir de meus próprios pensamentos,
Que me embalam na saudade sutil, me invade,
Me envolvem em sublimes sonhos e, em verdade,
Na emoção que invade meu corpo em tormentos?

Sem entender o que não posso explicar, a sufocar,
O que em minh’alma se faz transparente e cristalina,
No que vive em todo meu ser, me domina, me alucina,
Me perturba, me abala com desejos que não posso abdicar.

Aquece-me o desejo de estar em ti, em teus pensamentos,
Ainda que em forma de poesia intangível, não me importo,
Ainda que apenas em fantasia que não sacia, eu suporto,
Se intrínseco em tua saudade, teu imo, teu ar, teu alimento!


Meus pensamentos também viajam incontidos,
Ao encontro dos teus, como se fossem mantidos,
Guardados e preservados junto a tantos desejos
Que nos acometeram e acometem neste ensejo.

Estes sublimes sonhos sonhados e embalados,
Na saudade sutil que envolve os que amados,
E hoje se mostram transparentes, cristalinos,
Na certeza de que afinal chegamos ao destino.

Quero aquecer o desejo que nos consome mútuos,
Por toda vida, até o dia em que o outro, de luto,
Se veja no presente sorrir, como sorriu no passado,
Ao reviver o quanto amou e também foi amado.

Quero te envolver nesta fantasia em que vivo,
E te cantar em poesias, só para isto sobrevivo,
A lembrar a cada instante, a cada momento,
O quanto te amo, tu não me sais do pensamento.
LHMignone e Vana Barsan
Enviado por LHMignone em 29/06/2014
Reeditado em 23/10/2014
Código do texto: T4863244
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
LHMignone
Mimoso do Sul - Espírito Santo - Brasil
1407 textos (402319 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/20 03:32)
LHMignone