Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noites de tormenta

Entreguei o meu coração para o amor
Sem saber que a dor,
Poderia ser a minha destruição...
Atravessei desertos,
Sob o sol e a chuva
Enfrentei tempestades
Que o destino não me confessou.

Noites de tormenta enfrentei,
Pelas madrugadas frias vaguei
Tentando encontrar um rumo
Mas sem você, eu assumo,
Sou como o céu sem as estrelas,
O universo sem os planetas.

Hoje, apenas pensamentos solitários
Perambulam pela minha mente entristecida
E devastada pela minha própria consciência
Sem você, só penso na desistência.

Entreguei o meu coração a uma paixão,
Que só demonstrou ingratidão
Tempestades enfrentei,
Tormentas suportei,
Por um amor que pensei ser meu
Porém, mais uma vez a dor venceu.

Rio de Janeiro, 14/08/18
Pedro Paulo Costa e Emery Sheel
Enviado por Pedro Paulo Costa em 14/08/2018
Reeditado em 14/08/2018
Código do texto: T6419273
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Paulo Costa
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 42 anos
1021 textos (19678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/18 03:27)
Pedro Paulo Costa