Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


O amor poético da Dama De Negro

AnjoPoeta & ÐäMå Ðë ÑëG®ö 



Quem és tu mulher que de um jeito delicado
sem aviso de chegada apagas-te as dores do meu passado
Entrou no meu mundo e tudo ficou quebrado

mudando meu espaço e o colorindo de dourado
Cabeça virada, sentimento todo arrebentado

numa euforia que me faz querer estar a teu lado
Você veio como uma boba e me despiu todo

conquistou meu coração, me fez renascer de novo
Seus poemas maravilhosos, boca aberta fiquei,

neles me enredei
Quanto sentimento, quanto amor, embriaguei,

viajei as estrelas, e nelas em teus braços me entreguei
Na força de seus beijos, no sussurro amei,

amei com a força dos sentidos que sempre sonhei
Que delirante avassalador eu me apaixonei

num louco sentir da alma que jamais imaginei
Quero mais, quero mais, estou tonto de amor.

Te amo com a alma, com vigor
Que mulher, sentimento puro genuíno sem dor,

amor por amor que faz emoção com ardor
Até no jeito de vestir, roupinha justinha,

tudo em ti é perfeito, meus sentimentos alinha
Bem adornado inda mais preto sensual estupor

Meu amor por ti é puro êxtase e calor
Que tu queres fazer de mim com sua fala macia

teu doce jeito de ser é magia
Vira-me do avesso, muda minha vida gatinha

farei de ti meu porto seguro e minha rainha
Amei suas poesias contadas com muito apresso,

encantado em teus versos sinto teu querer espesso
Senti-me amado muito por ti linda Dama de Negro

e apenas por sentir teu carinho por mim já me alegro

Autor => AnjoPoeta
Dueto => ÐäMå Ðë ÑëG®ö 



Querido poeta AnjoPoeta, e agradeço o seu carinho e atenção para comigo, são pessoas como você que fazem com que este nosso mundo seja melhor, beijos meu amigo.

Clik no link e leia os lindos escritos do nosso amigo e poeta do Recanto.


http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=25320

ÐäMå Ðë ÑëG®ö

Apenas uma mulher que já riu, amou, se entregou e chorou.
Escrevo apenas o que sinto. Muito longe de ser uma poetisa, sou alguém que apenas sente!

Dama De Negro e AnjoPoeta
Enviado por Dama De Negro em 24/09/2007
Reeditado em 25/05/2012
Código do texto: T666691

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146790 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 09:32)
Dama De Negro