Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Fim do Amor....

Cristian: Como posso eu me sentir assim...

Helena: Assim como meu amado...

Cristian: Um vazio que percorre a alma, que clama pelo silêncio, que clama pela vida.

Helena: Nossa meu amado, que sentimento mais estranho.

Cristian: Minha querida, preciso revelar a ti. Um segredo que me envergonha...

Helena: Um segredo meu amado. Conte sem rodeios...

Cristian: O amor que existia entre nós, minha querida acabou-se, evairou-se ao vento, meu coração, a outra já pertence...

Helena: Mas, mas... COmo...

Cristian: Nosso amor existiu a um tempo, mas depois tudo mudou tão rápido,você não era a mesma, não sentia mais calor em seus beijos e desejo em nosso amor. Simplesmente acabou, procurei outros braços, outros beijos, outros sexos, e me sentia feliz e satisfeito, até que encontrei uma outra que me completou e estou decidido a ficar com ela.

Helena: Nossa... Assim que acaba uma relação de anos...

Cristian: Sim Helena, acaba, pois meu coração precisa voar e se a caso me arrepender serei apenas mais um que se arrepende dos erros da vida, mas creio que não me arrependerei, ela me completa em seu sexo, em sua atenção em seu toque.

Helena: Certo, mas ela te ama...

Cristian: Não, mas aprenderá. Aprenderá a me amar. Como toda a certeza do mundo. E se não aprender lutarei por você novamente.

Helena: Quem pensa que sou... Apenas mais uma, uma criança tola, que não sabe o que quer da vida. Vou te contar meu amado, te amei e sempre fui sua, fiel aos extremos, mas você está terminando pelo o incerto seja feliz, busque sua vida, pois é isso que farei pela minha.

Cristian: Mas seras feliz....

Helena: Feliz não posso garantir, mas serei honesta comigo, meu amado, te amei desde o nosso primeiro encontro, lutei por você, para te fazer feliz, para te completar, mas isso não foi o importante para você, pois na primeira oportunidade procura em outras de saciar, mas isso não me abala, pois a fidelidade hoje não é uma coisa muito real nas relações, mas poderia te perdoar pelas traições.
Mas hoje descubro que estou sendo trocado por uma pessoa que nem ao menos sabe o que quer.
Se você meu amado acredita ser isso sua felicidade, pule em busca dela, pois se você for feliz, com certeza eu serei, mas me prometa apenas uma coisa.
Busque a felicidade, mas esqueça que um dia fiz parte de sua vida... Pois eu jamais te esquecerei, um grande amor não se esquece, mas eu jamais te perdoarei pela dor.
Chorarei lágrimas de sangue, mas continuarei a viver sem a sua presença. Sem a tua amizade e sem o teu amor.

Cristian:Se assim quiser será melhor para mim, parto agora, para nunca mais voltar.

Helena: Sim meu amado, parta, mas saiba que em certos momentos ira querer retornar, e não poderá mais. Mas sempre te amarei...

Dizendo essas palavras cada um seguiu seu caminho, ele em busca da felicidade, ela em busca da cura.
Meses depois ele percebeu a besteira que fez, e quis retornar, mas ela já estava feliz, pois havia se curado, e sabia que sua consciência estava livre. Ele tentou retornar de todas as formas, mas ela nao poderia mais confiar nele.

Ela seguiu feliz...
Ele não se esqueceu do grande amor de sua vida....
Bruxa do Silêncio
Enviado por Bruxa do Silêncio em 30/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T675169

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Bruxa do Silêncio
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 35 anos
112 textos (4545 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 07:24)
Bruxa do Silêncio