Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Dias tão iguais"

Dias e " Dias"...

Há dias e
" Há" dias...
Dias de sol
Aquecendo a derme
Acariciando a alma...
Trazendo luz, calor
Doce calma
Aquelas calmarias
de até por medo no pensamento da gente.
Sabe-se lá...!
Quando a felicidade dá as caras
dá pavor mesmo.
Preâmbulo de "desgraceira!"
"Gato escaldado em água fria
tem temor de banho morno!"
Mas em outros dias a melancolia
chega e senta...
Um chuvisco fino
Roupa que não seca no varal
Tudo cinza...
... A gente fica ranzinza
Mas aí não dá medo
Tudo normal.
Pra quem se acostumou com tristeza,
só ela mesma, para dar ares de verdade
a vida da gente...
Deixa estar a solidão
A saudade
O amor  que fazia umedecer a carne
Corar a face...
Uma taquicardia boa...
Uma esperança à toa...
Dias perdidos nos vendavais
... Há dias
e " Dias"
Nada mais.

Elisa Salles
@Direitos autorais reservados
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
E meus dias tão iguais...
Rotina perversa,
me sento na cama...
Já imagino o fim do dia...
O Sol se pondo,
na boca da noite...
Uns dias com Lua,
outros sem...
Madrugada longa,
infinda insônia...
Por fim, o cansaço,
um sono curto...
E raia outro dia...
Outra tarde,
logo principia...
Tudo volta como antes,
e eu espero...
A chuva, a Primavera,
um amor...
Mas você não vem..!

Bene
Benedito Oliveira e Elisa Salles
Enviado por Benedito Oliveira em 18/03/2020
Reeditado em 18/03/2020
Código do texto: T6890432
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Benedito Oliveira
Confins - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
430 textos (3401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/04/20 12:09)
Benedito Oliveira