Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOSSE UM SONHO

Fosse um sonho
Era pó...
Que o tempo
Sem dó
Deu um nó...
E uma pedra tornou...

Fosse um sonho
Era nada...
Uma simples risada
De uma boca abissal
De um ser tão bossal...

Fosse sonho e mais nada
Toda a vida seria
Uma história riscada
Com a mão da magia

Fosse isso no entanto
Essa dor tão voraz
A forjar tanto pranto
Não seria real...

Mas então o que parece
Já não nem sei mais o que faço
Pois achei que essa messe
Fosse doce; mais é aço!!!

Esse sonho que me invade
Consumindo-me aos poucos
Tem também quê de saudade
Meus neurônios ficam loucos

Da distância que separa
Desse mar de solidão
Brisa sopra pela cara
Caem lágrimas ao chão...

Essa pedra que impede
Nesse pélago abissal
Eu te quero! E tenho sede
Vem curar-me desse mal!...

ANA MARIA GAZZANEO
GONÇALVES REIS
Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 12/10/2007
Código do texto: T691623

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (75709 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 12:03)
Gonçalves Reis