Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Poetas- Poemas -Poesias.

Poetas poemas e poesia


De poetas somos todos
Poesia? Sabeis fazer.
Nem é preciso saber ler.
Nem tão-pouco escrever.
E quiçá nem falar.
Poeta reconhece-se.
E o poema está lá escrito.
Lindo claro e brilhante.
Tão fácil de o entender.
Tão lindo a leitura fazer.
Revela-se no dizer.
Salta escrito no olhar.
Poeta nasce e cresce.
Vai engrandecendo no versejar.
Nunca cessa enquanto há vida.
E fulgor no seu olhar.
poeta sem poetar
fenece pode morrer.

De tetita

dueto

Poetas poemas e poesia

De poetas somos todos
Nos versos nossa melodia
Poesia? Sabeis fazer.
e aprendemos a crescer
Nem é preciso saber ler.
só ouvir a alma falar
Nem tão-pouco escrever.
só basta versejar
E quiçá nem falar.
na frase que vai rabiscar
Poeta reconhece-se.
na doçura dos versos
E o poema está lá escrito.
pois eram apenas rabiscos
Lindo claro e brilhante.
como sol que surge no céu
Tão fácil de o entender.
de sentir e viver
Tão lindo a leitura fazer.
e tem a essência do amor que trazes
Revela-se no dizer.
no clamar do ser
Salta escrito no olhar.
no puro clamar
Poeta nasce e cresce.
e floresce a cada dia que amanhece
Vai engrandecendo no versejar.
e tuas palavras todos irão escutar
Nunca cessa enquanto há vida.
mesmo que haja feridas
E fulgor no seu olhar.
com esse brilho a me conquistar
poeta sem poetar
é o céu sem a lua que brilha
fenece pode morrer.
se não conseguir a sua magia

De tetita//karlla


Tetita
Enviado por Tetita em 28/10/2007
Reeditado em 28/10/2007
Código do texto: T713952

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (81088 leituras)
65 e-livros (5632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 10:06)
Tetita