Amor sem pudor
Zédio Alvarez &
ErivasLucena

Deu-me prazer e tanto amor
Entre amantes não há pudor
Toda dengosa aquela felina
Prevalece sempre o amor.
Mulher com cara de menina
Que se vivencia com fulgor.
Fez travessuras sem pudor
Não há limites, nem temor.

Meus agradecimentos a minha amiga Poetisa ErivasLucena pela interação instigante ao meu texto.

Imagem da Internet
Abraços!
Zedio Alvarez
Enviado por Zedio Alvarez em 23/11/2021
Reeditado em 23/11/2021
Código do texto: T7391903
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.