Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No Auge - Paulo Mello/Brilho da Lua




 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5.6/5.7 - hummmmmmmm

no auge da vida,

fêmea gulosa, atrativa,

sedutora.

Hummmmmmmm ....

Se falas assim, me arrepia

Se gulosa sou, é por ser seduzida.

Me caça, me leva para

teu covil de amor e tesão.

Não uso palavras, prefiro sedução

Mordo sua orelha de levinho...bem devagarzinho.

Acaba de vez com minha

cisma.

Não serei mais eu a  ditar as regras

Você não mais se domina.

Me prende em tua teia

Caçadora...

Te enlaço com pernas e braços...

Loba...

Te domino...

Aranha...

Caminhando devagar pelo seu corpo todo...

Vem ser aquela que

irá provar o néctar da

caça.

Te arranho, te beijo, te ganho

Não sabendo mais quem é caça ou caçador

Vem...

E vou...

Quero ser teu alimento

teu jogo

teu objeto de prazer.

Te deito e o tenho à minha mercê

Deito sobre teu corpo...encaixo...

Tentando ganhar o jogo.

Vem usa tua presa.

Tomo tua boca

Caçadora...

Ato, uno-te totalmente a mim..

Loba...

Exijo respostas, súplicas...

Aranha...

 Agora só deito esperando seus olhes em mim...

Tua presa do amor.

Tua vez de ser meu, de eu ser tua...

E somos...

 E o verdadeiro encontro acontece por fim

 

Paulo Mello

02.06.07

Brilho da lua

12.10.07

 

 

 

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Paulo Mello
Enviado por Paulo Mello em 19/11/2007
Código do texto: T742919
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 64 anos
446 textos (11390 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 09:38)
Paulo Mello