Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O REENCONTRO DAS CULTURAS NOS PAÍSES DA '' CPLP "

“Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”.

Os continentes que formam o planeta são placas boiando em permanentes movimentos alterando-se fisicamente no tempo e no espaço tanto assim que ao se olhar o mapa-múndi constata-se claramente o encaixe perfeito dos continentes sul-americano e africano , ambos delimitando margens ao atlântico-sul .

Aceitando-se como verídica a teoria cientifica que afirma ser o humano “Australopithecus” originário da África Austral por ser uma teoria lógica, é possível desenharem-se os caminhos percorridos pelos seres humanos através do planeta , em sua busca incessante do desconhecido ou seja do conhecimento em acordo com a teoria da evolução das espécies de Charles Darwin .

Nos primórdios , os humanos não dispunham ainda de barcos capazes de atravessar os oceanos que permitissem ir e vir e retornar ao porto de partida com relativa segurança e é natural que seguissem a pé ou a cavalo ou apenas em pequenos barcos costeiros através dos continentes à procura das terras com mais alimento e mais protegidas de conflitos inter-humanos e o retorno às terras de origem dificilmente acontecia ou demorava muitos anos a acontecer morrendo os viajantes muitas vezes nesse caminho e no retorno .

Os descendentes dos “Australopithecus” foram caminhando não só mais para o sul de África como também para o norte espalhando-se pelo leste e oeste europeu , subindo a Ásia , atravessaram o “Estreito de Bering” perto do Pólo Norte e desceram pela América do Norte até chegar à América do Sul e ao Brasil , fim do caminhar e daí em diante existia o Oceano Atlântico , e na outra margem a África , aonde tudo começou .

Os cientistas genéticos afirmam que os povos existentes nas Américas antes da chegada dos europeus vieram da Ásia e realmente os índios têm uma aparência física muito semelhante à dos asiáticos .

As características genéticas observadas nos índios da América do sul e do norte confirmam que a primeira ocupação deste território aconteceu do norte para sul depois de terem atravessado o “Estreito de Bering”. Vindos da Ásia .

O caminhar humano desde a África até à América atravessando a Ásia até chegar ao Brasil processou-se em tempo lento e com modificações do corpo e da mente na adaptação às novas condições ecológicas de cada região originando grupos humanos diferenciados física e culturalmente .

No continente africano , o clima , a vegetação , a abundância de caça , peixe e frutos permitiram um determinado tipo de vida ; a temperatura quente não obrigava o corpo a produzir grandes quantidades de gordura e a pigmentação escura da pele protegia o corpo dos raios solares .

Na Europa e Ásia , regiões mais frias do planeta , o corpo produzia e retinha maior quantidade de gordura para se proteger do frio e os cabelos devido à gordura do corpo tornaram-se lisos deixando de ser curtos e encaracolados e a pigmentação da pele passou a ser mais clara devido à incidência menor de raios solares .

Ou seja , pode-se entender perfeitamente as diferenças físicas e culturais dos grupos humanos através de uma análise das condições ecológicas ambientais aonde cada grupo se insere e quanto mais difícil o meio ambiente maior a necessidade de ampliar as capacidades mentais e físicas para superá-lo , obrigando isso a desenvolvimentos mentais e físicos diferenciados .

Segundo a ciência , os seres humanos têm uma origem comum e possuem o mesmo potencial mental dependendo de cada individuo ou grupo o desenvolvimento desse potencial .

*********

Seis mil anos antes da era cristã a humanidade assemelhava-se bastante em seu desenvolvimento cultural e a agricultura ainda era desconhecida para a maioria dos habitantes já estabelecidos em todos os continentes .

A agricultura foi a mola impulsionadora nas diferenças sociais e econômicas atuais .

Ao mudarem seus sistemas de vida nômade , de caçadores e coletores de alimentos para um sistema sedentário e fixarem-se em moradias ao redor dos campos plantados , surgiram os primeiros aglomerados humanos , embrião das futuras cidades , iniciando-se o processo de trocas de experiências entre os indivíduos das comunidades e surgindo daí a plantação extensiva dos campos , as primeiras rotas do comércio e mais tarde a comunicação escrita da língua falada .

Séculos antes da chegada dos portugueses e espanhóis á América no século xv, as civilizações “Incas” e “” Astecas” que viviam na América central e do sul cultivavam o milho , feijão , algodão, batata , etc. , e dominavam a técnica da irrigação dos campos , conheciam a matemática , a astronomia e a escrita .

Nos fins do século XIV , com a construção das caravelas que utilizando as velas “latinas” desenvolvidas pelos portugueses enfunavam as proas dos navios contra os ventos à bolina , foi possível o ir e vir para qualquer lugar do globo, unindo-se continentes com a implosão das fronteiras marítimas .

Ao eliminar fronteiras marítimas aceleraram-se as comunicações entre os grupos humanos miscigenando-se as culturas e as características raciais de maneira rápida entre a Europa , África , América e Ásia .

Em conclusão , após centenas de milhares de anos de colonização do planeta , os descendentes dos primeiros povos da África Austral se reencontraram pela primeira vez na história humana quando a América se religou à África Austral através das viagens marítimas oceânicas deixando os mares de serem fronteiras mas agora vias de comunicação .

O século XIV , sem esquecer a turbulência social , econômica e ecológica gerada pelos europeus , deve celebrar o ato de religar a humanidade á sua origem africana despertando a curiosidade para um maior conhecimento sobre os povos que fazem parte da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa , incentivando-se o intercâmbio educacional entre os jovens destes países curiosos de conhecerem melhor suas raízes físicas e culturais espalhadas pelo planeta pois só assim poderão situar –se no espaço e no tempo , orgulhosos de sua raça e cultura miscigenadas , sem complexos de inferioridades ou superioridades e podendo projetar futuros mais radiosos em horizontes mais profundos .
Valdemar Ribeiro
Enviado por Valdemar Ribeiro em 18/06/2005
Reeditado em 08/11/2018
Código do texto: T25502
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Valdemar Ribeiro
Lubango - Huíla - Angola
167 textos (46915 leituras)
7 e-livros (1124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/06/20 13:00)
Valdemar Ribeiro

Site do Escritor