Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MERDAS DA MINHA VIDA REAL

(Cagadas que eu já fiz de verdade!)
Não sei por onde começar, mas vai o lembrete de que alguns termos de algumas situações estão substituídos... Depois de ler, pense o que quiser:


 - Já abri um provador de loja , e tinha alguém seminu dentro.
 - Já fui em um banheiro com porta sanfonada e ao invés de abri-la na tranca, junto a parede, forcei a porta no meio, partindo-a em duas.
 - Já fiz xixi no meio da rua e quase fui atropelado por um carro.
 - Já consegui escrever meu nome fazendo xixi, no chão, com a própria urina,durante o ato.
 - Já tomei um porre de Drurys num  sábado a noite, e passei o domingo vomitando.
 - Quando criança, já declarei meu “amor” em público, e em alto e bom som, a uma garota que mal conhecia. (detalhe: ainda hoje, eu a vejo, e me lembro disto);
  - Quando criança, por influência dos outros, escrevi um monte de xingamentos a uma pessoa, no muro de sua casa. (Depois passei a tarde esfregando o muro);
 -  Já falei mal de alguém e essa pessoa estava bem atrás de mim;
 - Já sai de um restaurante sem pagar a conta. (detalhe: só pra testar se isso era possível, e foi!);
 - Já vomitei em uma rodinha de pessoas dançando;
 - Já vomitei  em frente a um casalzinho, e olhei para “meu trabalho” perguntando alto: “Isso é pêssego ou galinha?”
 - Já falei que fulano tinha falado tal coisa, e não era nada disso;
 - Em momentos íntimos com outra pessoa, discretamente filmei o ato com meu celular e fiz um uploud do vídeo num site da internet;
 - Já paguei bem caro, por algo que nunca usei;
 - Já mandei tomar naquele lugar, uma pessoa de quem eu precisei muito depois.
 - Já enchi o computador dos outros de vírus;
 - Já fiz algo que não estava nem um pouco a fim, só por vingança;
 - Já fui o “outro” em uma relação amorosa (detalhe: e gostei disso);
 - Já fui o “outro” em uma relação amorosa, sendo que ela era 20 anos mais velha;
 - Já coloquei fogo, sem querer, em um trabalho super importante da faculdade;
 - Já exclui, sem querer, arquivos essenciais no computador;
 - Já falei uma mentira a alguém pra quem nunca deveria mentir;
 - Já falei a verdade pra alguém, e a deixei muito mal por isso, em uma dia muito especial para esta pessoa;
 - Eu já destrui uma festinha, só porque não gostei de quem estava lá;
 - Já empurrei uma pessoa pra piscina;
 - Já tomei um lanche no supermercado, e fui embora sem pagar;
 - Já convidei o próprio aniversariante para sua festa “surpresa”;
 - Já comi o prato principal antes dele ser servido;
 - Já virei um prato cheio de comida em alguém, num restaurante lotado;
 - Já deixei queimar uma comida muito importante;
 - Sem querer: já virei bebida no chão passando, e quem vinha logo atrás escorregou e se espatifou no chão;
 - Já chamei de linda, uma pessoa que não era nada linda, e esta pessoa me encheu o saco durante meses;
 - Já *** em lugares nada confortáveis e usuais;
 - Já abri a porta de um quarto e peguei um casal no ato!
 - Já falei palavrão pesado, em um microfone, em público, quando não podia;
 - Já fiz uma entrevista inteira com alguém, e esqueci de colocar pra gravar;
 - Já fiz xixi na bebida de uma pessoa, e ela, sem saber, tomou tudo;
 - Já disse que queria apenas a amizade, e minutos depois estava bem além da amizade;
 - Já sai do meu quarto só de cueca, e a sala estava cheia de gente;
 - Já liberei impurezas em lugares tensos;
 - Já liberei impurezas em lugares tensos, alto e ri muito;
 - Já fui na casa de uma pessoa, precisei fazer número 2, e entupi o vaso;
 - Sem querer, já tranquei uma pessoa em um lugar durante horas;
 - Já pisei num coco e caminhei em um tapete de cor clara;
 - Já derramei refrigerante no sofá daquela pessoa bem chata;
 - Já quebrei uma coisa, e disfarcei, dizendo que não fui eu;
 - Já cai na risada quando alguém proferia palavras muito importantes;
 - Já arrotei, e bem alto, em público;
 - Em um lugar cheio de gente. já tropecei em uma mesma pessoa,  4 vezes na mesma noite;
 - Já ri muito quando vi alguém chorando;
 - Já contei o final do filme pra um bando de gente que ainda não tinha visto;
 - Já derrubei uma pilha de livros numa biblioteca pública;
 - Já destrui uma roupa novinha, que tinha acabado de comprar;
 - Já quebrei um galão de vinte litros de água, na cozinha de um lugar que estava trabalhando há uma semana;
 - Já entrei com o pé bem sujo em um lugar que o piso era bem branquinho;
 - Já fui sincero e falei a uma pessoa (sensível e naquele momento carente e depressiva) da sua falta de “ beleza física”;
 - Já passei a perna em uma garota e ela caiu em uma poça d’agua;
 - Já apertei a campainha, sai correndo e o dono chegou de carro logo em seguida, “ entendendo tudo”.
 - Já Tomei um porre de “Caipiroska” e sair pra tomar sorvete, cantando a atendente da sorveteria.
 - Já tive uma “DR”’ por mensagem de celular e e-mail;
 - Mandei uma porção destas mensagens e e-mails, para o destinatário errado;
 - Já mandei tomar naquele lugar uma pessoa muito importante pensando que era outra;
 - Já deixei aquele churrasco de almoço cair todo na brasa;
 - Já fiz “aquele serviço” no banheiro dos outros e esqueci de dar descarga!

Muito bem, acredito que é “apenas isso” – Se errar é humano, a maior concentração de humanidade está em mim! Mas e daí? Quem  nunca fez?
Douglas Tedesco
Enviado por Douglas Tedesco em 11/08/2011
Código do texto: T3152692

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Douglas Tedesco - douglastedesco@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Tedesco
Tijucas - Santa Catarina - Brasil
322 textos (57494 leituras)
35 áudios (2921 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 08:12)
Douglas Tedesco