Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IN(CONS)TANTE


Todas as instâncias dessa vida ainda não permitiram, por mim, serem dominadas por completo. Por vezes sinto-me angustiada como se fugisse ao meu controle todas as rédeas; anseio, sofro, choro, quase descontrolo-me... tanto quis prender água nas mãos, vento nos dedos, em vão... tudo escapuliu pelo vão. Diante, o que obtive fora apenas mais anseio, mais sofrer, mais chorar, então aprendi que precisava a mim, controlar; tive medo de abrir as mãos e deixar voar... No corpo tive marcas, na alma teve ranhuras e meu ide precisava  falar alto, até que ecoou do âmago o tilintar  que faltava, e veio um estalar, um zunir de libertar, ensurdeceu o eco do controle e o vidro que já estava trincado por tanto ser apertado, se fez estilhaços e em cacos meu espírito ficou, ao se dar conta de que estava errado, que as rédeas deviam ser desamarradas, que nada é estático, nem eu...
Ainda não aprendi, nem nunca será de todo apreendido, pois assim seria controlado, vivo a constante inconstância de esperar o por vir, entendi que as tais instâncias são por essência instáveis, que a água permanece se minhas mãos estiverem abertas que o vento passa e se eu deixar e quiser ficará o aroma que ele trouxer, mas até este não permanecerá, e se parte é pra que outro venha e também permita conhecer seu perfume.
Sei que não posso ordenar as trilhas que defronte se abrem, apenas aqui acolá arrancar um ou outro galho... não é permitido ao meu ego dominar, se um tanto só refletir me será elucidado que nem autocontrole tenho, pois de fato bailo ao sabor desse incerto destino, que o universo é o maestro, e mestre maior é o tempo, deveras pai da impermanência.
Jacileia Cardoso
Enviado por Jacileia Cardoso em 09/10/2013
Código do texto: T4518157
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Jacileia Cardoso
Palmas - Tocantins - Brasil
15 textos (401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/02/20 19:14)
Jacileia Cardoso