Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Brasil não vai mudar tão cedo...

      Sabe por quê o Brasil dificilmente terá mudanças significativas?
   Porquê somos uma maioria de miseráveis acostumados a esmolas,
   E saqueados ao longo de muitos anos ininterruptamente.
   Durante séculos,  os espertos, oportunistas, gananciosos e sem
   escrúpulos foram marcando territórios, criando engrenagens de
   impunidades, transformando-se em mal necessário, denominados
   políticos, cercando-se de leis protecionistas criadas a bem de si
   mesmos, chegando à performance desse sistema atual que os
   torna impunes perante qualquer situação.
       Um tribunal de 2ª instância adequado e submisso, brechas nas
   leis intencionalmente permitidas para que se julgue segundo a   -
   conveniência do sistema.
   Somos hoje, todos, submetidos ou governados por uma linhagem
   De coronéis bandidos com títulos e diplomas comprados e ostenta -
   dos como políticos a serviço da nação.
   Esses bandidos sob máscaras, saquearam o próprio povo, pela     -
   qual têm apenas escárnio.
      Foram nos despejando garganta a baixo, coisas como:
   imunidade parlamentar, prisão domiciliar, habeas corpus, leis      -
   flexíveis ; Hoje chegamos à insuportabilidade do desmando e do
   descaso, que nada mais são que consequências destes grandes
   bandidos políticos criadores de uma espécie de libertinagem         -
   democrática que legisla em causa própria.
       Avante Brasil! Nesta mentira democrática original, em que sua
   essência nada mais é, que um totalitarismo corporativista imposto
   sob o nome de estado democrático de direito.

    Cesar Machado Sema  
Cesar Machado Sema
Enviado por Cesar Machado Sema em 05/12/2017
Reeditado em 05/12/2017
Código do texto: T6190703
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Machado Sema
Porto Seguro - Bahia - Brasil
477 textos (6279 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 17:43)
Cesar  Machado Sema