Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O melhor retrato de cada um é aquilo que se escreve

          O melhor retrato de cada um é aquilo que se escreve
                                  Jajá de Guaraciaba

Muitas vezes, para mantermos um capricho bobo ou até mesmo para satisfazer o nosso pernicioso vício, privamos nossos filhos da nossa presença por um determinado tempo. Para nós, esse período de afastamento pode parecer curto, todavia, um ou dois dias para nossa família representa uma eternidade.
              Quando praticamos constantemente qualquer espécie de jogo de azar esquecemos da nossa indispensável presença no lar.
               No momento em que estamos obcecados por hábitos ruins não enxergamos a realidade com a clareza necessária à boa convivência familiar. Não notamos os nossos filhos implorando um olhar carinhoso, mais demorado. Não lhes percebemos o desejo de um gesto afetivo, de uma carícia de que tanto almejam. Não adianta nada presenteá-los com brinquedos caros. O que eles querem de verdade é o nosso constante acompanhamento.
              Quando envelhecermos, isto é, depois que os nossos filhos já estiverem bem crescidos, a experiente consciência nos acusará de omitirmos nossas obrigações afetivas quando deveríamos tê-las cumprido na infância e, principalmente, na adolescência deles. Agora é muito tarde. O tardio arrependimento não nos trará benefício algum, ao contrário, somente dor. Nossos filhos, agora sobrecarregados de encargos, nem nos olham mais na cara com aquele olhar pedinte de outrora. Colhemos, nesse tempo, o fruto do nosso descaso.
              Infelizmente percebemos tardiamente os erros que cometemos na escrita da história da nossa vida. Muitos podem até não concordar com a nossa opinião, mas têm que respeitá-la pois temos o direito de externá-la quer gostem ou não.
              Se realmente quisermos ser justos temos que dar aos nossos filhos agora o que de fato lhes pertence: nossa imprescindível companhia, pois, retratamos a história da nossa vida por meio de atitudes e o melhor retrato de cada um é aquilo que se escreve.



Jajá de Guaraciaba
Enviado por Jajá de Guaraciaba em 07/02/2018
Código do texto: T6248121
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jajá de Guaraciaba
Pilar do Sul - São Paulo - Brasil, 75 anos
635 textos (59102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/18 05:00)
Jajá de Guaraciaba