Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A LEI DO AMOR....

Como pode o vazio conter tanta dor,
E ainda eu sentir que cabem mais e mais?
Deveria existir uma lei natural,
Que repelisse e solvesse tudo de ruim...
Dizem que existe. Sim! E chamam de amor,
A lei da linguagem dos poetas.
Mas é tão frágil...
Que morre tão fugas quanto nasceu,
Restando por semente exatamente aquela dor.
Alimentando esse ciclo vil,
Ninho em covil...
Palavras em reles promessas.
Caso duvidem de mim, olhem de lado,
E sintam esse ambiente tão hostil...
Do quente pro frio...
Num piscar de olhos,
De amor ao ódio.
Desculpem-me se divaguei...
Não sei onde foi que errei...
Ou se até aqui falei apenas do meu mundo.
Mas se alguém se viu assim...
Tema, pois o seu fim está na lei do amor.
Inaldo Santos
Enviado por Inaldo Santos em 12/05/2018
Código do texto: T6334885
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Inaldo Santos
Recife - Pernambuco - Brasil, 56 anos
826 textos (16648 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/18 04:32)
Inaldo Santos