Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS SÁBIAS DESCOBERTAS DA VIDA

Uma das descobertas mas importantes que podemos fazer na vida é saber que podemos superar as crises e os processos de luto que passamos com uma consciência lúcida e desperta, sem naufragarmos num sofrimento ''intransponível'' e ''insuperável''. A resiliência é o nome que damos a capacidade do ser humano em lidar, de forma satisfatória e saudável, com problemas aparentemente insolúveis, com dificuldades aparentemente intransponíveis. Ao irmos na contramão das adversidades com a força de nossa dedicação, buscamos vislumbrar boas saídas para as catástrofes pessoais. Portanto, sempre lutando com bravura para que não sucumbamos a uma depressão ou, então, no vazio da ausência de sentido.

A resiliência vem a ser, de fato, uma arte para aqueles que não desistem de perseverar e de encontrar redenção e esperança em meio ao caos da vida moderna; junto dela, surge a intuição de que é possível nos recompor e nos reerguer até nos dias mais sombrios e inexoráveis. Superar os grandes conflitos da alma através do perdão e da comiseração, é também uma das maiores conquistas do homem em confronto consigo mesmo e com o mundo em que está inserido.

Sem a consciência das nossas limitações, não podemos fazer nada para reconhecermos as nossas potencialidades e os abismos de nossa alma. Em compensação, só podemos nos amar verdadeiramente se desenvolvermos a complexa aptidão da compaixão, da caridade e do perdão, pois nada é mais libertador do que estar em paz com nosso semelhante e nada mais rico para o ser de uma pessoa do que a sensibilidade para a redescoberta das motivações do seu próximo, ainda que os obstáculos culturais tentem abalar qualquer humanidade que possamos demonstrar por uma outra pessoa ou ser vivente.

Com efeito, a vida humana é um fenômeno em processo de contínua transformação e aprimoramento, no qual só termina quando morremos. Ou, então, pode acontecer de deixarmos, ainda em vida, de ser aquilo que sempre almejamos, nos perdendo de forma profundamente resignada numa desolação absoluta e numa desmotivação generalizada. Mas enquanto houver vida, há possibilidades de ser; e enquanto houver coragem haverá, sim, esperança para ensaiarmos nossos voos mais sublimes de liberdade.
Alessandro Nogueira
Enviado por Alessandro Nogueira em 14/05/2018
Código do texto: T6336623
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alessandro Nogueira
São Caetano do Sul - São Paulo - Brasil, 32 anos
423 textos (12492 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/05/18 20:37)
Alessandro Nogueira