Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alguém

Não importa de onde vens,
Nem a cor que tens.
Nem a língua que falas,
Nem se és tagarela,
Ou se calas.
Não importa se és rico,
Se és pobre,
Se és homem, mulher,
Ou criança a crescer.
Tudo o que importa é ser!
Importa quem és!
Alguém, com certeza!
Se igual? Diferente?
Esperteza? Beleza?
Importa que és gente!
Importa que pensas, que adoras,
Que sentes, que ris e que choras.
Quem ri e chora sente!
Quem pensa é alguém!
Não importa quem é, como é, de onde vem!
Este mundo não é meu,
Nem teu,
De ninguém!
Mas é meu, como é teu,
Como é de todos aqueles que vieram por bem!
Não importa de onde vens,
Nem a cor que tens.
O que te traz… Tanto faz!
És alguém!

Dedico este texto a uma pessoa muito especial:
Inae Miranda ,repórter do correio popular
Autor desconhecido
Enviado por Francisco Pupo em 21/11/2018
Reeditado em 21/11/2018
Código do texto: T6508671
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Pupo
Campo Limpo Paulista - São Paulo - Brasil, 47 anos
67 textos (1863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/07/19 13:12)
Francisco Pupo