Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

...CHARLES CHAPLIN, QUE HISTÓRIA...

Ando lendo algumas biografias de alguns personagens que deixaram seus nomes na história, dentre as leituras eis que retomo a leitura que um dia deixei de lado...a BIOGRAFIA DE CHARLES CHAPLIN.

Chaplin teria tudo para estar dentro da parcela da Sociedade que se torna por vezes rebelde, perversa e promove maldades por aí a fora, mas...NÃO.
Do trágico ao espetáculo.
Da VIDA aos palcos.
Da dor ao riso.
Resumidamente, bem resumidamente deixo um pouco de minha reflexão acerca de sua história...
Charles Chaplin filho de Charles Chaplin E Hannah Harriet, família pobre, muito rejeitado pelo pai após separação. Filho de artistas amadores, família muito humilde.
Infância em Londres, em instituições de caridade assim Vivia Chaplin e o irmão Sidney, de albergue em albergue após a mãe adoecer com Sífilis, física e mentalmente adoecida incapaz de cuidar dos filhos passando a viver em hospitais. Assim cresceu Chaplin e o irmão.
Através da sua mãe e seu amor por teatro passa mais tarde a se inserir no cinema nos EUA, assim começa a trajetória de Chaplin, mas ninguém imagina que sua infância foi pobre e sofrida.
Através do seu personagem CARLITOS, O VAGABUNDO cinema mudo na época então ele passa a fazer incrivelmente sucesso. Mas para chegar a tal patamar ele lutou e sofreu muito. Ele não esquecendo suas raízes jamais... mais tarde leva o irmão para trabalhar com ele.
Você que está lendo deve observar que estou resumindo a história, se quiser busque ler a biografia e trajetória na íntegra.
Foi sublime.
Seus filmes sempre deixaram uma mensagem, críticas a Hitler e Mussolini...enfim...ele deixou um legado até os dias de hoje.
E o que quero deixar como reflexão rapidamente... é que todos temos tempestades, todos na V'IDA. Uns mais, outros menos.
Dias de sol SEMPRE virão...
Continue o caminho plantando, sementes sempre germinarão.
Chaplin se tornou um dos maiores atores do Cinema Mundial, teve vários filhos, veio a FALECER NO DIA DE NATAL 25/12/1977 em meio a seus filhos e esposa deixando como mensagem UM DIA SEM RIR É UM DIA DESPERDIÇADO.
A resiliência fez ele ser muito mais que imaginaria SER!

Alilemes.


 










Alilemes
Enviado por Alilemes em 06/12/2018
Reeditado em 06/12/2018
Código do texto: T6520661
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alilemes
Jaraguá do Sul - Santa Catarina - Brasil
31 textos (521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/18 20:11)
Alilemes