Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luz, névoa e sombra.

"A estrada coberta por uma névoa branca, muito branca, contrasta com o vermelho-alaranjado de um sol ainda sonolento. E eu, semidesperto e completamente sonolento, contemplo, do lado de fora da janela, os reflexos do que me é também inerente: luz e névoa, também a sombra.
Vivo no agridoce limiar entre o sorriso e a lágrima. Caminho entre a dor e o êxtase, e carrego hematomas e cicatrizes de tudo.
Na ponta dos dedos os versos.
Orgasmos
E a morte.
Na parede do meu estômago, cápsulas de melancolia estouram aleatóriamente, eu não escolho.Luto contra uma overdose, a medicação controlada, por vezes tudo foge do controle.
Soprar o blues Charles, quem pode soprá-lo?
Uma taça de vinho pra tentar desfazer, dissipar ou diluir o que me aflige. Não que funcione.
Mas eu gosto de pensar que sim."
marvin rosa
Enviado por marvin rosa em 20/09/2007
Reeditado em 20/09/2007
Código do texto: T660436

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
marvin rosa
Santa Isabel - São Paulo - Brasil, 29 anos
204 textos (10985 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 05:31)
marvin rosa