Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor de mae.

Mãe sobre as tuas mãos esta minha foto;
Teus olhos percorrem cansados e lentos,
Olhando ao longe a minha chegada.
São fantasmas de ontem que não retornam,
Apenas o choro desce lentamente na sua pele enrugada,
E sofrida.
Mãe, ontem eu era penas um bebe,
Correndo por entre os corredores desta casa;
hoje sou apenas a junção de luz e sombra sobre o papel;
Uma única recordação -uma foto.
Mãe gostaria de ver seus lábios sorrindo,
Afagando o meu cabelo,
Pondo os meus chinelos,
E me deixando pronto pra escola.
Hoje, senta nesta velha poltrona...Está a lembrar;
Como era bom aquele tempo,
Onde não estavas encurvada,
Onde podia vigorosamente viver,
Sem os incômodos da velhice,
E hoje mãe o que te fiz;
Deixei-te abandonada,
Sem nunca te visitar.




POETA JOSE MARIO DANTAS
Enviado por POETA JOSE MARIO DANTAS em 28/09/2007
Código do texto: T672408
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
POETA JOSE MARIO DANTAS
Caicó - Rio Grande do Norte - Brasil, 43 anos
129 textos (6927 leituras)
1 áudios (23 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:21)
POETA JOSE MARIO DANTAS