Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO PASSAMOS DO PONTO

Demétrio Sena, Magé – RJ.

O nosso sofrimento nem sempre nos amadurece. Há quem sofra os diabos e, no entanto, passa de verde a podre sem amadurecer. Ao mesmo tempo, há pessoas que nem sofrem muito e mesmo assim amadurecem, porque têm um olhar atento, preocupado e profundo em direção ao próximo e ao que se passa muito além do seu campo de visão.
Quem sofre com egoísmo, pena de si mesmo, acha que o próprio sofrimento é o maior do mundo, e que por isso os olhos de todo o mundo devem se voltar para ele, jamais aprenderá nada. Mas quem, sofrendo ou não, tem amor o suficiente para se solidarizar com o sofrimento alheio e dar ação à solidariedade, pelo menos nos limites do seu poder de fazer algo, criará dentro de si um complexo universitário de saberes especiais que o tornarão douto em relação ao mundo, à vida e ao próximo. Ninguém se forma centrado apenas no próprio eu. Viver é mais do que a caixa de nossas carências e necessidades pessoais.
Não prego para você. É para mim mesmo. Pergunto-me a que ponto sou capaz de olhar além. Ou se o mundo está restrito aos meus caprichos, minhas mágoas do outro, por autopiedade. Pela visão tacanha de uma vida que me deve mais do que eu a ela. Mais ainda, se até transformo questões fúteis; desnecessárias a qualquer contemplação, em batalhas ferrenhas contra quem não tem culpa de minhas frustrações; minha solidão garimpada pelo gênio esturrão... meus complexos inventados para despejar sobre todos, com um grito fraudulento de socorro, dispensável mediante gritos legítimos e urgentes ao redor.
Há quem brinque de sofrer, para se vender como fruto maduro e necessário. Mete-se numa estufa de agonias inventadas, semblante caído, voz arrastada e tremida, na tentativa de arrastar seguidores apiedados por tanta contemplação. Autoestima, leveza, bom humor e vida social sem chiliques agregam muito mais do que todo esse agouro.
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 30/11/2019
Código do texto: T6807283
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 58 anos
3506 textos (73384 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 00:34)
Demétrio Sena