Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pandemia

Cruzando a grande muralha  em um cavalo alado
Uma coroa sem rei reivindica seu reinado
Disseminando o medo nos quatro cantos da terra
Ergue a espada da morte produz  cenários de guerra

Um inimigo invisível  que cruzou os sete mares
Para devastar nações Instalar   terror nos lares
Sabota  apertos de mãos onde instala suas sementes
Que vai exilando irmãos  num  evento sem precedentes

Deixa no seu rastro a morte abriga a desconfiança
Torna cidades desertas  boicotando a esperança
É pedra para  tropeço e desequilíbrio total
Traindo o ser que o acolhe em simbiose  fatal

Quem sabe seja um aviso que  chega para orientar
E  esta coroa sem rei que anda no mundo a vagar
Aponte a humanidade  um rumo para seguir
De compaixão e coragem num tempo que há de vir

Chegou afastando os homens para unir as nações
Induzindo  consciências  a novas reflexões
Quisera que a despedida desta moléstia voraz
Promovesse à humanidade um novo ciclo de paz

                                                              Elson Lemos
Elson Lemos
Enviado por Elson Lemos em 24/03/2020
Código do texto: T6896199
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Elson Lemos
Guaíba - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
34 textos (374 leituras)
10 áudios (140 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/04/20 11:24)
Elson Lemos