Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR CORTÊS : O IMAGINÁRIO

O Amor Cortês,  é uma relação de vassalagem afetiva. Faz sofrer, aprimora, mas fragiliza,
erotiza mas idealiza, educa mas enlouquece, submete mas enobrece. Idealiza uma mulher sempre casada,o que simula o adultério. A Dama, a Senhora, o
cavaleiro. Emoções e
resultados os mais contraditórios harmonizam-se no seu seio, nas vidas intensas dos
trovadores, nos seus poemas apaixonados. Em todo o caso, proclama a autonomia
dos sentimentos face à racionalidade medida pelo saber erudito, face à religiosidade
controlada pela Igreja na sua forma ortodoxa, face aos poderes e micropoderes
exercidos pela família e pela sociedade para conservar o indivíduo sob o jugo de
seus imperativos principais. A seu modo, o Amor Cortês representa uma revolução
nos modos de pensar e de sentir, e não deixa de empreender uma velada crítica aos
padrões repressores de seu tempo. Uma revolução imaginária, a bem dizer, pois se
alguns trovadores a viveram de maneira concreta e intensa, a maioria dos homens
e mulheres apenas a vivenciaram de forma lúdica e no mundo da imaginação.

José D'Assunção Barros

José D'Assunção Barros
Enviado por ALMA GRANDE em 03/05/2021
Código do texto: T7247545
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ALMA GRANDE
Presidente Dutra - Maranhão - Brasil, 69 anos
267 textos (7335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/05/21 11:09)