Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração que não bate envão! ouço de longe...

Coração que não bate pulsa. . .

De uma vida vazia cheia de loucuras,  de um coração sombrio, cheio de aventuras de uma vida corriqueira sem frescura.

Coração cheio de segredos!  E só mais uma boca vazia encontrando a sua, de coração que anseia por amor, com pensamentos que parecem não saber amar.

Coração livre que se esquiva ao pensar em se prender, buscando em beijos sem sabor algum prazer, nem corpo gelado, numa cama qualquer, um sorriso devasso, sarcástico que não dá prazer.


De um mundo perverso, de uma vida absurda, engraçado como é fácil se perder  e difícil se encontrar.

Onde está tu, Ó Felicidade.

Busco-te nas noites sem fim onde  não há felicidade, em beijos gelados sem prazer, luzes brilhando que satisfaz, somente por instantes.

Encontro amigos onde não há amor, em falsos brilhos, falsos cúmplices, em falsas promessas, em falsos amores, libertação ilusória que dura alguma horas, nem copo de vinho  que embriaga.

Onde está tu, Ó Felicidade!

Amor redundante que se esconde em sorrisos espontâneos, olhos que brilham, palavras que divagam, de tempo onde não temos tempo, de olhos que se encontram num lampejo, olhar maroto que consome a alma e advinha pensamento, onde está tu.

Amor redundante de um semblante luminoso que se perde pela vida. E nunca te encontro.

Então ouço de longe...

Onde está, Tu Ó Felicidade!
Susan Alquimis
Enviado por Susan Alquimis em 12/11/2007
Reeditado em 02/04/2009
Código do texto: T734456

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Susan Alquimis
São Paulo - São Paulo - Brasil
23 textos (6305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 21:02)
Susan Alquimis