Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entrevista com o excelente poeta português Francisco Coimbra

1-Defina por favor quem é  Francisco Coimbra e suas ambições .

    Francisco Coimbra são as minhas ambições, vão das necessidades básicas às elaborações metafísicas. Tudo que se deseja é ambição, até matar a fome. Convivemos com excesso “matar” e carência “fome”, vivemos no meio-termo a maior parte do tempo.

2-Para você o poeta é mesmo um fingidor ??? Quem lê seus versos saberá um pouco de você?

    Para mim o poeta não é um fingidor quando define a poesia como verdade, emoção. Porém, exprimi-la, pode ser através da invenção, do fingimento. A resposta não pode ser negação da evidência, o poeta também é um fingidor: resposta abrangente.

3- observo que é sempre muito meticuloso ao compor suas obras... existem referencias, adendos . É perfeccionista?

    A perfeição é a feição que gostaria de dar como resposta, deixar exposto o pormenor por menor que seja. Não esqueço o provérbio “o ótimo é inimigo do bom”, às vezes a procura da perfeição gera o seu contrário. Não me definindo como perfeccionista, tento ser.

4- Você se julga um poeta rebelde?

    Não, sim ou quem dera… A rebeldia é qualidade e defeito, tempero necessário em toda a personalidade que procura em si encontrar o artista, aquele que faz arte: ele acaba sempre por se rebelar contra a mediania e as limitações da sua/nossa realidade.

5- Diga, qual  o gênero de escrita no qual se sente mais à vontade?

    Tem dias… O gênero de escrita, muitas vezes, procura adequar-se ao que sentimos. Tentarei fazer teatro se o diálogo me parecer ser a forma de contar uma história, podendo ser a história o que me está a atrair. Não é uma resposta linear…

6- Já veio ao Brasil???

     Sim, já fui ao Brasil, gostaria de não me ir sem aí voltar :)

7- Porque a fascinação por heterônimos ??

    Fascinação é termo demasiado rico e forte para o poder utilizar, só tenho um heterónimo, Assim. Surgiu já bastante tarde, mas veio para ficar. Como não poderia deixar de ser, teve e tem a contribuição de Pessoa.

    Cara Maria, obrigado pelas perguntas, pelo interesse. São perguntas interessantes, revelam a leitora, a sua leitura da minha pessoa, agradecido.


    Eu é  que preciso agradecer muito a maravilhosa oportunidade de entrevistar esse mestre do Recanto!!! um comentário breve em apenas três palavras o resumem: surpreendente, versátil e inteligentíssimo.




Maria Ventania
Enviado por Maria Ventania em 13/09/2019
Reeditado em 13/09/2019
Código do texto: T6744563
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Ventania
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
186 textos (9239 leituras)
29 áudios (828 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/19 23:42)
Maria Ventania