Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma entrevista e uma des-homenagem a Roger Scruton parte II

Uma entrevista e uma des-homenagem a Roger Scruton parte II

Continuação...

REPÓRTER PERGUNTA: ''E como o senhor avalia Jair Bolsonaro?''

ROGER SCRUTON: "Não sei nada a respeito. Seria muito grosseiro da minha parte começar a criticá-lo sem fazer uma análise. Eu sei que Bolsonaro é um presidente controverso – mas quem, na política brasileira, não é controverso? Deixe-me ver, quando chegar (ao Brasil), o que eu acho."

....

''Quem na política brasileira não é controverso?''

Será que ele pensa que TODO político brasileiro é corrupto e/ou nazifascista?

REPÓRTER PERGUNTA: ''Mas, na direita, há inclusive um movimento que questiona o aquecimento global.''

ROGER SCRUTON: ''Sim. Isso é uma reação a essa agitação da esquerda, dizer que isso não faz sentido, que não está acontecendo. Racionalmente, eu diria que, sim, provavelmente está acontecendo. Mas o debate deveria ser o que fazer, sentar e estudar a ciência e a política. E, se pudermos, chegar a uma conciliação. Não existe uma solução, porque você não pode impedir o mundo de queimar combustíveis fósseis. Como podemos parar a China ou a Índia? Mas podemos pesquisar para descobrir outro tipo de combustível que não envolva a queima de combustíveis fósseis. É isso que deveríamos estar fazendo: procurando outras fontes de energia que não afetem o clima. É uma questão muito mais científica do que qualquer outra coisa.''

REAÇÃO À AGITAÇÃO DA ESQUERDA...

Esquerdas são as culpadas...
How dare you, Greta?? Você irritou as direitas!!

O tempo de debater com ''calma britânica'' passou. Aliás, tem-se tentado o debate...

No mais, não é apenas o aquecimento global mas, o que está implícito ou explícito, a super-exploração do meio ambiente, fauna e flora, para que uma minoria lucre imensamente. São essas "coisas boas" do mundo conservador que conservadores querem preservar, o direito ao primitivismo, ao egoísmo e à irresponsabilidade. Portanto, um dos principais motores da super-exploração do meio ambiente é o capitalismo mas, o cético conservador Scruton, presumo que jamais se rebaixaria culpando-o abertamente, pois isso o faria parecer marxista aos olhos dos seus amigos, ainda que, também, segundo ele "o capitalismo não tem nada a ver com conservadorismo".

Isso é uma questão científica apenas?? Mas e a beleza [filosofia]??

Como parar China e Índia?? Talvez  a resposta esteja no próprio Ocidente..

REPÓRTER PERGUNTA: Para o senhor, a União Europeia ameaça a democracia no continente. Por quê?

ROGER SCRUTON: A União Europeia começou como uma aliança entre democracias, mas foi aumentando o seu poder e se tornando mais poderosa para burocratas que não são democraticamente eleitos. É uma força contra a democracia. Há muitas características boas, mas, mesmo assim, é incompatível com o real processo democrático. Por isso, eu acho que, individualmente, as nações europeias precisam de suas próprias democracias e se voltar contra a burocracia."

Democracia, ele parece confundir com populismo e que também chamo de democracismo. No mais, concordo que a União Europeia não dialoga e sim impõe. Mas, isso tem sido o modus operandi das instituições tradicionais desde que o mundo é mundo. Parece que, se sou eu ou o meu grupo que está impondo algo, então, isso é aceitável, independente se o que estamos impondo é o mais certo ou não. Tento tatear o que quer dizer quando diz ''burocracia'' e quando diz ''democracia'', talvez democracismo. Se ele pensa que democracia é o governo da maioria, sinto-lhe informar mas não é isso não... Até já dedilhei um breve texto sobre essa confusão primária.

 REPÓRTER PERGUNTA: ''O senhor também escreve sobre a beleza. por que a considera tão importante?

ROGER SCRUTON: Vivemos envolvidos em um mundo de mecanismos e máquinas. Precisamos parar de olhar ao nosso redor para apreciar o que estamos recebendo. Essa satisfação é uma espécie de exemplo moral. Precisamos olhar para o mundo como um presente. A beleza é isso. Quando você enxerga algo como um presente, isso brilha como um endosso a sua própria existência. É o que acontece ao vivenciarmos belos lugares, belas pinturas, belas músicas e, também, uns aos outros quando estamos em paz. É isso que eu quero dizer como beleza: essas experiências que estão fora desse mundo mecanicista. Deveríamos fazer isso o tempo todo e não permitir que o mundo seja incrustado com tanta feiura, que é o que está acontecendo''.

Que bom, Roger!! Procure por essas pessoas que amam o belo. Apenas lhe previno que muitos dos maiores amantes da beleza, na natureza ou meio ambiente e, de maneira geral, são pessoas mais sensíveis, tendenciosamente de esquerda, coitadas... Quem sabe, se procurar bem, você encontra um legítimo esteta conservador de raiz. Mas, cuidado, ele pode ser apenas frívolo em relação a essa questão. Claro, pode ser que o encontre em seu paraíso, já que não está mais entre

 nós. Esse mundo mecanicista que é produto de... comunismo??

 'Conservadorismo' não tem qualquer culpa, correto?? Eu sei que conservadores/veganos, em sua maioria, amam a natureza...

Então, antes, o ''mundo'' era embelezado pelo tradicionalismo conservador, desprezando múltiplas injustiças ou feiuras (exemplo, um retrato pintado da rainha Elizabeth do século XVI), já que, ''beleza interior'', deve ser papo de hippie comunista, né??

Guerras?? Não é conservadorismo ou produto dele.
Imperialismo?? Não.
Colonialismo?? Não.
Industrialismo ou desenvolvimentismo?? Tampouco.

Tudo isso tem destruído a beleza... mas, o conservadorismo, pelo que parece, segundo Scruton, só pode se manifestar se for de maneira pura, do contrário, "terá traços conservadores", mas não o será, igual o Trump..
Thiago Fávero
Enviado por Thiago Fávero em 01/03/2020
Código do texto: T6877723
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Thiago Fávero
Bicas - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
605 textos (7563 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/03/20 21:47)
Thiago Fávero