Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
** Dia Internacional das Mulheres (Em Canzoneto) “V” **
Reedição/2014.
ABAB – CAC – DEED – FGF – GHHG.
 
Eu não tenho como dá flores pra todas, abro aqui a versificação.
Sei também que vocês são muitas de algumas, eu fico por perto.
Um dia internacional das mulheres é pouco pra tanta realização.
Pra quem anda conosco, merece do céu um show, um concerto.
 
Vocês quando erram, erram quase acertando, querem o melhor.
As suas orações protegem os seus entes, sua maior preocupação.
Vocês são mulheres que dão amor, não quer aval e nem penhor.
 
Quando estamos tristonhos, vocês nos dão o tom da primavera.
Nenhuma estação é igual à outra, mas seu amor a deixam iguais.
Vocês, mulheres são múltiplas, são musas, são diárias, são atuais.
São mulheres fiéis e sábias, onde põe as tuas mãos tudo próspera.
 
Vocês batem um bolão, são para nós as nossas portas e janelas.
Quem ouve os seus conselhos dificilmente se perde no caminho.
Vocês são as nossas Evas... Dilmas, versadas, pintadas em telas.
 
Quem vive com vocês sentem o auxílio, o aconchego do seu ninho.
Vocês, mulheres receberam de DEUS; o melhor dos bens; os dons.
A partir de hoje vocês escutaram das harpas célicas todos os sons.
Que esses dons e sons célicos caminhem juntos num uno caminho.

 
**************************************


 
     Observação: 

     Canzoneto é uma criação da poetisa Margareth D. S. Leite do site Recanto das Letras. 
     
José Aprígio da Silva.
“Lorde dos Acrósticos”
Ceilândia/DF.
Terça-feira, 2013/02/27 – 00h47.
 

***********************************


 
** Dia Internacional das Mulheres (Em Canzoneto) “VI” ** 
Reedição/2014 
ABAB – CAC – DEED – FGF – GHHG. 
  
Que esses dons e sons célicos caminhem juntos num uno caminho. 
Pois os dons e sons são dádivas dadas pelo fiel Arquiteto dos céus. 
A data internacional das mulheres foi até grafada em pergaminho. 
Nossas mulheres merecem todas as palmas, são os anjos de Deus. 
  
Sei que viver num país machista como o nosso não são tarefas fáceis. 
Vocês quebram barreiras não se intimidam, temos de vocês carinho. 
De um limão fazem uma limonada, são mulheres perfeitas, são fiéis. 
  
Uma mulher se multiplica, é a soma de muitas ocupam mil espaços. 
Fazem do amor o seu maior enredo, dos jardins têm as belas flores. 
Vocês são mulheres intensas em tudo que fazem, dão ênfase as cores. 
Nenhumas de vocês vivem sem seus sonhos, são musas dos pedaços. 
  
Assim como os poetas se inspiram no amor, vocês dão asas ao amor. 
Eu pelo menos desejo viver a minha vida dentro do seu fiel coração. 
Vocês são marciais da vida, é aliada de DEUS, da vida tem amor/mor. 
  
Homem algum por mais que tente não vive fora do raio de tua ação. 
Nós, homens não conseguimos compreender o que passa em seu ser. 
A minha mulher mora em meu ser às vezes consigo saber o que quer. 
Sei dizer que sou um homem feliz, a minha é única sem comparação. 
  
 
**************************************** 
 
     Observação: 
 
Canzoneto, criação poética da minha amiga poetisa, Margareth D. S. Leite. 
 
  
José Aprígio da Silva. 
“Lorde dos Acrósticos” 
Stenius Porto. 
Brasília/DF 
Quarta-feira 27/02/2013 – 13h16. 
 
 
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 07/03/2014
Reeditado em 10/03/2014
Código do texto: T4719696
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 61 anos
1920 textos (183065 leituras)
1 áudios (52 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/04/21 18:21)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA