Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O fenecer

Não!!!
Jamais foi azul
Jamais foi fonte
Jamais deu prazer
Jamais enrolou-se ao teu calcanhar
Nem a tua voz macia quis se prender

Jamais, jamais
Não houve tempo para descabelar-se,
deixar-se tomar pelo desespero seu e alheio
Não teve tempo de separar-se do seu veio
Não veio
Não ficou velho diante de um espelho
Não houve a busca do seio que lhe aprazia
Não houve noite
Nem houve dia

Não teve nem bater de asas
Nem o separar-se do novelo

Jazia vida. Jazida
Anjo da morte chegou na dobra do tempo
Deixou seu recado em um bilhete
Levou a vida

Marcelo Gênesi
Enviado por Marcelo Gênesi em 14/08/2014
Código do texto: T4922525
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar autoria e site como referência). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcelo Gênesi
Olinda - Pernambuco - Brasil
633 textos (9667 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 16:17)
Marcelo Gênesi