Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


 GENTE DA CIDADE
 Moro aqui na cidade
  piso o que era aberto
  oro  pela minha saudade
  riso meu que era liberto...

  Gente daqui desconhece
  qualquer gesto, humanidade
  ressente amargor que conhece
  sequer  poder ter  a sanidade....

  Convivo male male sem conviver
  vivo bem ou mal  só por viver...!

    ParaleRimas uma criação de Fernanda Xerez,
   od L' arense M Petersen.... vejam a teoria literária
   na página da poetisa Fernanda Xerez.
 

 
Alkas
Enviado por Alkas em 27/07/2015
Código do texto: T5325993
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alkas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
5477 textos (372658 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 20:58)
Alkas