Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fome - Versos em anagrama

Velhos solos secos;
vê-los a olhos becos,
pálpebra estreitada
contra a
lebre beira-estrada...
garras, dentes, unhas...
rasgar-lhe as entranhas.

-

A ideia foi deixar os anagramas (rearranjo das letras de uma palavra ou expressão para produzir outras palavras ou expressões) conduzirem os versos;
uma análise "técnica" da poesia mostra que as letras de cada verso são repetidas, na medida do possível, no verso seguinte, que rima com este.
ex.:
VEL[h]OS = VÊ-LOS
SOLO[s] = OL[h]OS
[s]ECOS = [b]ECOS

[entre colchetes letras que sobram]
 
Pode parecer uma medida contra-produtiva, que torna a poesia rígida e reduz as possibilidades... e até é... Entretanto, eu não costumo usá-la quando tenho idéias concretas sobre o que vou escrever, uso quando realmente não sei o que quero fazer e, a partir de uma frase, brincando com suas letras, vou desenvolvendo ideias...
alizu
Enviado por alizu em 21/03/2020
Código do texto: T6893638
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
alizu
Lindoeste - Paraná - Brasil, 23 anos
11 textos (259 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/04/20 08:03)
alizu