Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO VOCÊ CANTAR

Quando nos sentimos angustiados, dominados por sensações que bailam e trazem a tristeza como companheira, é hora de falarmos do nosso Encanto e Desencanto. Foi assim que alguém cantou pra mim.
Obrigado Fernanda.



Quando ouvir você cantar,
meu encanto e desencanto,
e sentir na maciez da tua fala
toda energia que exala,
sentir tua voz mansamente invadindo,
partindo, rasgando meu coração,
não sei não, acho que vou chorar.

Quando em minha retina refletir
a meiguice, o sorriso, a ternura do teu olhar,
neste palco iluminado,
e descobrir a magia deste chão estrelado,
não sei não, acho que vou chorar.

 Quando você cantar,
essa tempestade de emoção,
ver meu sonho na brisa bailar,
com leveza de plumas no ar,
não sei não,
acho que não vou aguentar.

Mas como diz a canção,
se eu chorar, não ligue não,
solte essa voz por favor,
para explodir meu desencanto,
não tenha medo,m e sim a certeza,
que na beleza do teu canto,
já nasceu novo encanto,
por favor solte essa voz,
hoje o encanto somos nós ...


direitos autorais registrados
Fundação Biblioteca Nacional

(dez/03)


ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 16/09/2005
Reeditado em 26/06/2013
Código do texto: T51069
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1186 textos (102442 leituras)
29 áudios (2112 audições)
2 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 12:57)
ANDRADE JORGE