Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIDA PERDIDA

       VIDA PERDIDA
       (mote / glosa)
Pra cantar minhas tristezas
a ser poeta me atrevo...
numa Vida  sem  belezas
eu, bem inspirado, escrevo !

        I
Se a Vida me foi ingrata
pouco fiz pra ser melhor...
se vou de mal a pior
-- vivendo feito barata --
nos "lixões", ruas, à cata
de bugigangas, miudezas,
sempre há tempo (entre incertezas)
que, para afastar o pranto
descanso, oculto num canto ,
pra cantar minhas tristezas.

      I I
São canções que a mãe cantava
me embalando nos seus braços,
me dando beijos, abraços...
sem amor me alimentava !
Mil esperanças lhe dava
naqueles tempos primevos
seu neném, em grande enlevo.
Se não fui nada na Vida,
numa existência perdida...
a ser poeta me atrevo!

     I I I
Foi preciso que um irmão
de surpresa "nos deixasse"
pra que a Família ajudasse
2 velhos -- sem teto ou chão --
cozinhando com carvão,
suportando as asperezas
de um viver só de durezas
num momento de miséria,
sendo razão pra pilhéria
numa Vida sem belezas.

     I V
É certo que a Mão Divina
seus filhos não desampara
e uma ajuda ela prepara
-- seja grande ou pequenina --
e aos que merecem destina.
Hoje, agradecer eu devo
ao sobrinho ao qual "prescrevo"
a honra (?!) de usar meu nome,
por nunca mais passar fome...
eu, bem inspirado, escrevo !
      "NATO" AZEVEDO
       (em 14/abril 2018)
OBS: brincadeiras à parte,
dedico estes versos ao meu
sobrinho CINCINATO ANTUNES
AZEVEDO, se esforçando para
nos ajudar, mesmo "à nossa reve-
lia"! "Obrigado, meu jovem...
Deus lhe pague" !
NATO AZEVEDO
Enviado por NATO AZEVEDO em 16/04/2018
Código do texto: T6309966
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
NATO AZEVEDO
Ananindeua - Pará - Brasil, 65 anos
587 textos (9320 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/18 22:12)
NATO AZEVEDO