Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


SONHO
MOTE
Desejo, desejo vago
de ser a tarde que expira,
ser o salgueiro do lago,
onde a aragem mal respira.

Eduardo Guimarães

 
GLOSA
Desejo, desejo vago
deixaste-me hesitante.
Devo recorrer a um mago?
Quanto a isso, estou relutante.
 
Neste momento, estou ciente
de ser a tarde que expira,
dando beleza ao meio ambiente,
o que meus ideais aspira.  
 
Ao brindarmos nosso pago,
magnífico pensamento,
ser o salgueiro do lago,
refúgio de um catavento.
 
Por hora, ali descansei,
Todo local verde, inspira. 
À noite, em sonho, cantei,
onde a aragem mal respira.

 
Ilda Maria Costa Brasil
Enviado por Ilda Maria Costa Brasil em 22/07/2019
Código do texto: T6701676
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Ilda Maria Costa Brasil
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
1940 textos (105897 leituras)
6 e-livros (1113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/19 01:37)
Ilda Maria Costa Brasil

Site do Escritor